sexta-feira, 1 de junho de 2012

Falha faz trem ser esvaziado e afeta a linha azul do metrô de SP



Um trem apresentou problema na manhã desta sexta-feira e afetou a circulação em todas a linha 1-azul do metrô de São Paulo. Por volta das 9h40, as composições tinham velocidade reduzida e maior tempo de parada.
Segundo a assessoria do Metrô, o problema de tração ocorreu em um trem que trafegava pela estação Tietê, no sentido Jabaquara. Com isso, a composição precisou ser esvaziada e rebocada até a área de manutenção.
Os usuários do metrô estão sendo informados do problema pela sistema de som. Por volta das 9h40, porém, a empresa ainda não tinha previsão de normalização nas operações. A circulação nas demais linhas do metrô estavam normais.

Apagão no transporte público em São Paulo

Está cada vez mais difícil defender a qualidade do sistema de metrô e trens em São Paulo. Primeiro foi a superlotação, depois as panes frequentes, agora os acidentes com feridos.A cada dia que passa os problemas aumentam de tamanho.É o preço do "Ajuste Fiscal Permanente" patrocinado pelos governo tucanos, principalmente nos anos 90, com aumento de receitas, "cortes" nos investimentos e privatização do Estado.A fórmula tem sido explosiva: mais de 20 anos de quase paralisia nos investimentos em infraestrutura, misturado com 10 anos de crescimento da economia, do emprego e da renda de forma quase ininterrupta, tem como resultado o "caos" na mobilidade urbana e interurbana. A retomada dos investimentos nos últimos 5 anos não tem sido suficiente para suprir as deficiências acumuladas. Basta lembrar que a última linha estruturante do Metrô inaugurada antes da linha 4 - Amarela (entregue parcialmente no final de 2011), foi a Linha 2 - Verde, ainda no início dos anos 90, na gestão Quércia.Procurando muito, encontramos um artigo na grande imprensa que analisa de forma mais profunda o tema. Baseando-se na própria reportagem, se uma linha leva 8 anos para ser feita, então a cidade deveria ter, pelo menos, 7 linhas de metrô.

Nenhum comentário: