quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Polícia Penal deve ser votada no final do mês


A liderança nacional dos agentes penitenciários está em Brasília [terça (9) e quarta-feira (10)] desenvolvendo ações em prol da PEC 308/04 O presidente da Câmara Federal, Michel Temer (PMDB-SP), se reuniu com o Colégio de Líderes nesta terça-feira (9) para discutir a inclusão da PEC 308/04 (Proposta de Emenda à Constituição) na Ordem do Dia para votação. A liderança nacional dos agentes de segurança penitenciária também esteve reunida em Brasília para mais uma vez desenvolver ações em prol da PEC 308/04, que cria a Polícia Penal nas esferas federal e estaduais. Além da liderança nacional da categoria, dezenas de agentes de diversos estados acompanharam as atividades em Brasília.

O Sindasp-SP (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo), participou das ações e foi representado pelo presidente, Cícero Sarnei dos Santos, pelo diretor Jurídico Cícero Félix de Souza e pelo diretor de Comunicação Daniel Grandolfo.

Os líderes sindicais atuaram mais uma vez junto ás lideranças partidárias e ao presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP). As atividades em Brasília foram intensas e renderam diversos encontros com líderes das bancadas partidárias, principalmente com os novos, que assumiram a liderança dos partidos neste ano.

Após a reunião do presidente da Câmara com o Colégio de Líderes, ficou decidido que a PEC da Polícia Penal deverá ser votada, possivelmente, após o carnaval, entre os dias 23 ou 24, conforme já se esperava e havia sido sugerido durante a estadia dos agentes penitenciários na semana passada, nos dias 2, 3 e 4, em Brasília. No entanto, segundo o diretor de Comunicação do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, “existe uma possibilidade muito remota de a PEC ser votada nesta quarta-feira (10), mas deve mesmo ficar para o final do mês”, disse.
A intenção da liderança é sair de Brasília com a garantia de uma data, agendada pelo presidente Michel Temer, para a votação da PEC 308/04. Nesta quarta-feira, a liderança nacional continua as atividades em Brasília fazendo “loby” junto aos líderes partidários. Vale ressaltar que, na semana passada, a liderança conseguiu o apoio do governo junto ao deputado Cândido Vacarezza, que deixou a liderança do PT para assumir a do governo.

Fonte: jornalista Carlos Vítolo
Sindasp-SP - www.sindasp.org.br

Um comentário:

pra vc ver disse...

Durante revista na Penitenciaria Barreto Campelo, por volta das 16h00min horas, do dia 12 de fevereiro último, baseado em informações do Serviço de Inteligência Interno daquela Unidade Prisional, com apenas um efetivo de nove Agentes de Segurança Penitenciário agindo de forma precisa, encontraram vários materiais como: arma branca conhecida vulgarmente como chunço, cachaça artesanal conhecida como Gengibirra, carregadores de celulares, uma balança de precisão para a comercialização de cocaína, como também mais de dois quilos de maconha.

Vale salientar, essa operação que logrou grande êxito, sem que nenhum tumulto, distúrbio ou grave ameaça de rebelião ocorresse dentro da Penitenciária, é fruto do profissionalismo do saber e conhecer a forma operante de agir do preso. Esse entender é inerente da função do Agente de Segurança Penitenciário, não somente do Estado de Pernambuco, mais de todo Brasil. Por isso que nossa função é policial, quando apreendermos celulares, e outros materiais na cadeia, estamos como agente de segurança garantindo a população de Pernambuco que o detento cumprirá sua pena como manda a lei.

Polícia Penal já!